12/11/2007

Os dois lados da Ciência

Hoje , assistindo TV, coisa que raramente faço vi uma reportagem muito legal, no Jornal da rede Globo (acho que foi no SPTV) , sobre um médico patologista que durante sua carreira...durante 55 anos, coletou e catalogou amostras de tumores para futuros estudos.
Ele de uma maneira simples, colocava em cubos de parafina, 'fatias' de tumores humanos ,que análisou durante seus anos de trabalho, e foi então montando um banco de dados que hoje é considerado o "maior banco de dados de tumores humanos" ...inclusíve um médico do exterior (que não percebi na entrevista se era um Inglês ou Americano) que me parece ser Americano e considerado a maior autoridade no assunto Câncer , esteve lá no Hospital do Câncer de São Paulo para ver e fazer um acordo de união e pesquisa no banco de dados...
-"Isso irá beneficiar a todos" , disse o médico, "esse é o maior banco de dados no assunto do mundo e é realmente impressionante!"
Por um lado, essa pesquisa iniciada a 55 anos atrás ganha força com o uso dos modernos equipamentos computadorizados que são usados atualmente, e os 'gringos' se beneficiam desse estudo...já os Brasileiros ganham a oportunidade de, num intercâmbio desse, usufruir dos novos medicamentos e drogas que eles (os gringos) tem usado.
Incrível como uma atitude dessa, tão simples à princípio, pode hoje estar fazendo a diferença.
Veja a presença de espirito desse médico, que enquanto cumpria sua obrigação fazia ainda um trabalho humanitário de pesquisa e desenvolvimento da ciência .
E, durante sua entrevista, ele fez questão de falar que tudo nesse longo trabalho de 55 anos que ele realizou, foi única e exclusivamente pensando que com essa pesquisa e estudo posterior, a ciência encontraria meios para melhorar a qualidade de vida dos pacientes com câncer e quem sabe até mesmo a cura.
Eu, em minha ignorância, tenho a certeza que ele fez a parte dele, e que graças aos esforços desse Doutor muitas pessoas poderão ter motivos para comemorar.
Já por outro lado...
hoje novamente eu assinei um petição, mais uma que pede para o SER HUMANO respeitar a vida dos outros 'seres inferiores'.
A petição para " não aprovação da volta de pesquisas em cobaias" .
O 'SER HUMANO' deveria deixar o resto dos seres em paz!
Nós temos nossas doenças e mazélas muitas vezes por que nós mesmos buscamos essas condições...
Você já se perguntou por que o ser humano precisa ingerir álcool ou fumar?
E, me pergunto por que um animal precisa ser 'manipulado' a tal ponto para sofrer enquanto os cientistas buscam a cura para nós?
ME DESCULPEM OS 'RELIGIOSOS' E O PESSOAL DOS DIREITOS HUMANOS...
POR QUE OS CIENTISTAS NÃO FAZEM PESQUISAS E ESTUDOS COM OS SERES HUMANOS QUE ESTÃO NAS PRISÕES ?
Olha, iriamos economizar um dinheirão...
Além, é claro de polpar a vida de pobres animais (que não tem culpa de nada e não merecem passar por isso) ...
Se você pensou :
Ela tá escrevendo isso porque nunca dependeu dessas pesquisas para salvar a própria vida ou a de um ente querido (como alegou o pesquisador entrevistado).
Então veja bem...acredito nas pesquisas, mas acredito em pena de morte também.
Se essas pesquisas fossem realizadas na escória da humanidade, aqueles que roubam, machucam, desrespeitam e violam...aqueles que estupram, torturam e que tiram a vida alheia...será que essa pesquisa seriam diferentes e ajudariam menos do que as que são feitas em pobre bichinhos?
A minha resposta seria essa:
O resultado seria melhor, infelizmente essa 'escória' também é 'SER HUMANO' e portanto somos 'quase' iguais...
Só para finalizar, pois sei que esse assunto gera polêmica...
Alguém aqui tem idéia do que se faz com um animal de laboratório?
Acreditem, se vocês tem um mínimo de afinidade com animais ou um pingo daquilo que chamamos sensibilidade , iria sofrer em saber.
PETIÇÃO ON LINE
http://www.petitiononline.com/veddas/petition.html

2 comentários:

Lunna Montez'zinny disse...

Oi Tin, boa noite moça...
Nem me fale sobre o que fazem com animais em laboratórios. É deprimente e mais, é totalmente desumano.
E ainda dizem que é em pró dos seres humanos. Dane-se então o sofrimento do outro, não é mesmo?
Acho que há limites, embora poucos enxerguem esses limites.
E sabe o que eu acho engraçado? É que essa gente reclama do que o Mengueli fez na segunda guerra quando este fez uso de seres humanos para experimentos da ciência. Não pode fazer com pessoas, mas pode fazer com animais. Ou seja: dois pesos e duas medidas.
Não mesmo.
Beijos moça

Tin disse...

Concordo com voce Lunna...juro que pensei nisso quando estava escrevendo...e tem mais, ironicamente lembrei do ratinho que teve a orelha implantada nas costas e, depois disso lembrei do Hitler que "costurava" as pessoas para ver como funcionava, lembra disso?
E, o pior...na visão da ciencia aquilo (do ratinho) foi genial mas, foi usado para mudar muita coisa para nós humanos? Não tenho certeza...
E, fala verdade...aquilo é bizarro!
As vezes tenho a sensação de que é tudo um "playground" de louco.

E, a sociedade (na maioria) pensa assim:
"Se não sabe brincar então não desce para o 'play'..."

Daí os bizarros somos nós, né?
Fico feliz que você tenha um pensamento similar ao meu, já fui muito criticada por pensar essas coisas e dizer que experiencias deveriam ser feitas com os excluidos (esses que lotam as prisões do mundo e que nos fazem gastar um monte de dinheiro com alimentos e colchões novos para serem queimados a cada nova rebelião)
Dinheiro esse que poderia ser gasto para melhorar o sistema de saúde.

Sabe...espero que eles consigam ser pelo menos ouvidos, e quem sabe assim os animais tenham um pouco de paz.
Beijo amiga!
Boa semana.